CEIE E CIEI PROMOVEM MESA REDONDA SOBRE O PAPEL DA HEREDITARIEDADE NA CONSTRUÇÃO DO SUJEITO MORAL

Os Centros de Ensino e Investigação da Ética (CEIE) e Interdisciplinar de Estudos e Investigação (CIEI) promoveram, no dia 20 de Maio, a mesa redonda sobre “O papel da hereditariedade na construção do sujeito moral”. O evento teve um formato híbrido, tendo decorrido de modo presencial no salão nobre e de modo virtual, pela plataforma ZOOM.

A sessão de abertura foi feita pelo Director do Centro de Ensino e Investigação da Ética, Frei Professor Doutor José Sebastião, que na nota de abertura destacou que a pessoa humana é resultado de diferentes aquisições. Nestas, os contextos familiar e social jogam papel preponderante da sua formação moral e técnica. 

A palestra inaugural foi feita pela Dra. Massoxi Vigário, coordenadora nacional do programa de saúde mental que falou sobre “A construção do sujeito moral em contexto de saúde mental”. A profissional e especialista em psicologia separou a sua intervenção em dois blocos, designadamente “a construção moral” e a “saúde mental”, partindo da questão “como devo agir perante outros”.

O Professor Doutor José Nkosi foi o segundo orador e falou sobre “A consideração do sujeito moral na definição de políticas públicas”. O especialista criticou a falta de investimento em políticas de saúde, de habitação e em programas de desenvolvimento que impactem na vida das pessoas e melhorem a sua condição em Angola. Para o docente universitário, a degradação da sociedade tem relação com a falta de políticas públicas efectivas e com o sujeito moral, identificado como o decisor público e sujeito político.

O Economista e filantropo, Dr. Saidy Neto, encerrou as intervenções, falando sobre “Economia do desenvolvimento''. O profissional abordou aspectos sobre a transmissão das qualidades físicas ou morais dos ascendentes para os descendentes, no âmbito de uma visão geral sobre a promoção da sociedade harmónica. Ao longo da sua exposição destacou que é necessário um modelo económico que se alicerce na educação, como um factor de produção.

O evento encerrou com a intervenção da Directora do Centro Interdisciplinar de Estudos e Investigação, Professora Doutora Helena Veloso, que lançou reflexões sobre a herança de carácter, comportamento e aquisições sociais, partindo do princípio de que as pessoas não nascem boas ou más, mas são moldadas ao longo da sua história e do seu crescimento, em interacção com outros seres. Para a académica e investigadora isso demonstra que há muito campo por explorar e estudar sobre a natureza humana e os Centros de Investigação promotores da iniciativa sentem-se interpelados a mobilizar-se neste sentido.

Siga-nos

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos dando um click.

Quem está em linha?

Temos 514 visitantes e sem membros em linha