Vida Académica

Nomeação do novo reitor da UCAN

Nomeação do novo reitor da UCAN

30-10-2013

Sob a presidência de S. Ex.cia Reverendíssima Sr. D. Gabriel Mbilingi presidente da Conferência, estiveram reunidos na sua segunda plenária, todos os Bispos da CEAST e que contou também, na sessão de abertura, com a presença do Sr. Núncio Apostólico, D. Novatus Rugambwa.

DELIBERAÇÕES
Os Bispos presentes na plenária aprovaram:
1-    A Mensagem Pastoral «Missionários Enraizados em Cristo».
2-    A Nota Pastoral sobre a defesa da Vida
3-    A designação do Arcebispo de Saurimo D. José Manuel Imbamba para Magno Chanceler da UCAN
4-    A nomeação do Padre Doutor José Vicente Cacuchi para Reitor da Universidade Católica de Angola
5-    As conclusões da Assembleia Nacional sobre as Escolas Católicas
6-    As conclusões da Semana Nacional de Liturgia
7-    As conclusões do encontro Nacional dos carismáticos

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES
1-    Ouvidos os relatórios das dioceses, os bispos reconhecem alguma dinâmica de crescimento nas capitais provinciais e municipais, embora tenham lamentado a inoperatividade de muitos equipamentos sociais montados nas sedes municipais, comunais e aldeias.
2-    Após o relato sobre a profanação ocorrida no Santuário da Muxima, os Bispos solidarizam-se com o Bispo de Viana e com todos os cristãos de Angola que se revêm na devoção à Mamã Muxima, tendo repudiado e condenado veementemente tal acção que mancha e contraria os preceitos do Evangelho, do respeito e da convivência pacífica.
3-    Os prelados renovaram a solidariedade para com os concidadãos que ainda se encontram sob o flagelo da fome e sede no sul do país, tendo reiterado o apelo no sentido de se continuar com a campanha de apoio a seu favor.
4-    Tendo em conta a novidade e importância da mobilidade humana, os Prelados assumiram o compromisso de prestarem maior atenção a este seguimento da Pastoral, solicitando maior envolvimento por parte dos agentes de pastoral.
5-    Constatando algumas dificuldades nas relações entre algumas dioceses e Institutos Religiosos, afirmou-se a necessidade de se privilegiar a celebração de convénios, tendo recomendado maior fluidez na comunicação entre a Conferência dos religiosos e a CEAST e tendo saudado e aplaudido a disponibilidade para a missão nas zonas mais recônditas do país manifestada pelos religiosos.
6-    Visto que o fenómeno de crianças acusadas de feitiçaria continua em algumas dioceses do norte do País, os Bispos recomendam um estudo multidisciplinar entre antropólogos, psicólogos, sociólogos e teólogos a fim de se determinar a base cultural que origina tais situações anómalas, apostando também na catequese e educação.
7-    Face às ameaças à fé católica, os Bispos recomendam a todos os fiéis maior formação espiritual e às autoridades maior atenção e control dos movimentos religiosos pelas consequências socias e culturais que podem descaracterizar a sociedade angolana.

AUDIÊNCIAS E RECOMENDAÇÕES
Ao longo dos trabalhosos Bispos receberam:
1-    As duas Conferências dos Superiores e Superioras Maiores das Congregações Religiosas de Angola de quem receberam informações úteis e com os quais traçaram as novas linhas estratégicas de actuação em prol das comunidades mais carenciadas.
2-    O Director Nacional das Obras Missionárias Pontifícias que apresentou o relatório anual, bem como as orientações práticas para a participação de todos na construção da Igreja em todo mundo.
3-    A Direcção Nacional da CARITAS de quem obtiveram informações contidas no seu Relatório Anual e os desafios que se impõem para os compromissos futuros.
4-    A Direcção do ICRA que também apresentou o seu balanço de actividades e os novos cursos que o momento social actual recomenda.
5-    O presidente da ACGD que apresentou os resultados da Assembleia da UNIAPC que teve lugar nos Camarões, donde o representante angolano foi eleito presidente dessa Associação. Os Bispos congratularam-se com o efeito.
6-    A Direcção da Rádio Ecclesia que informou sobre o desempenho financeiro e sobre os desenvolvimentos dos assuntos referentes à Rádio.
7-    O Secretariado da Comissão Episcopal da Educação que relatou as actividades realizadas ao longo do ano e as conclusões das Assembleias das Escolas Católicas realizadas nas dioceses de Cabinda e Benguela.
Por fim, no dia 27, numa solene Celebração Eucarística na Praça da paróquia de Nossa Senhora de Fátima, os Bispos encerraram oficialmente o Ano da Fé com o renovado compromisso de levar jesus Cristo, nosso único Salvador, a todos os recantos do nosso País.