Vida Académica

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE ANGOLA PRODUZ ESTUDO SOBRE ENERGIA EM ANGOLA

         A Universidade Católica, através do seu Centro de Estudos e Investigação Cientifica (CEIC), realiza anualmente, há quatro anos, em Outubro, uma Conferência Internacional sobre Energia, com especialistas estrangeiros e nacionais.

         A Conferencia «A Energia em Angola 2010» teve como tema central o LNG, por dois motivos fundamentais. O primeiro é que o maior projecto que Angola tem em construção neste momento é o ANGOLA LNG no SOYO, o qual vai ser apresentado pela primeira vez ao público não especialista. O segundo é o facto da situação do mercado mundial do LNG se ter alterado nos últimos anos em relação ao que era quando o país decidiu lançar aquele projecto, pelo que convidamos um especialista da TOTAL para apresentar uma visão actualizada do mercado mundial do LNG.

 

 

         A Agenda da Conferência, que  decorreu no dia  28 de Outubro, das 08H30 até às 18H30, no Anfiteatro da Sede da EDEL, para além do LNG  abordou o Mercado Petrolífero e a Refinação, tanto nacional como internacionalmente, passou pela Reforma do Sector Eléctrico em Angola e, por último teve uma comunicação sobre os bio combustíveis em Angola. Pontos importantes ainda foram as intervenções dos Ministros dos petróleos, a abrir, e da energia e águas a encerrar.

         A Conferência teve ainda um ponto em que se fez  a apresentação do Relatório «Energia em Angola 2010» através de alguns slides ilustrativos dos pontos ou temas fundamentais dos seus capítulos. Mas esta apresentação não substituiu, como é natural, a leitura do relatório que foi  lançado no mesmo dia. o documento traz  dados quantificados em Tabelas e Gráficos, para além de ter uma extensa abordagem e análise de aspectos fundamentais dos mercados petrolíferos, gasíferos e da electricidade, tanto a nível nacional, como da SADC, Africano e Mundial. Em relação a Angola o relatório aborda a industria petrolífera nacional tanto nas áreas de potenciais recursos, pesquisa, produção e exportação de petróleo bruto como o mercado interno de produtos refinados e importados.

         Como tem sido habitual nas Conferências promovidas pelo CEIC/UCAN, o público teve oportunidade de pôr questões aos especialistas presentes, após cada uma das intervenções e, como sempre, a entrada foi aberta a todos os  interessados de forma gratuita.

 

Siga-nos

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos dando um click.

Quem está em linha?

Temos 192 visitantes e sem membros em linha