UNIVERSIDADE CATÓLICA CELEBRA DIA DE ÁFRICA COM SEMANA CULTURAL E JURÍDICA EM DIREITOS HUMANOS

A Universidade Católica de Angola, em parceria com o Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, realizou, de 22 à 25 de Maio, a Semana Cultural e Jurídica de Direitos Humanos, por ocasião da celebração do dia de África,  cujo encerramento aconteceu em cerimónia solene presidida pelo Magnífico Reitor da UCAN, Reverendo Padre Doutor José Vicente Cacuchi.

A cerimónia decorreu na praça de Alimentação e contou com a presença do Secretário de Estado para os Direitos Humanos, General Bento Bembe e do Ministro Conselheiro da Embaixada da Noruega em Angola, Doutor Harvad Haknes.

Na abertura o Magnífico Reitor da UCAN, Reverendo Padre Doutor José Vicente Cacuchi salientou que o momento é oportuno para reflectir sobre o lema “Gente que vem, cultura que traz para promoção dos Direitos Humanos”, uma vez que o país regista nos últimos dias uma maior entrada de cidadãos congoleses.

Pe. José Cacuchi alerta para a reflexão das principais causas da referida mobilidade. “Celebrar o dia de África deve ser uma ocasião propícia para pensar também nestas questões e tentar encontrar o justo significado desta mobilidade”, referiu o sacerdote, acrescentado que celebrar o dia de África deve ser um acto de coragem que desafie e ao mesmo tempo recorde os propostos que norteiam as suas criações “Refiro-me ao propósito de uma África livre de todo tipo de opressão e alienação”.

Por sua vez, o Secretário de Estado, General Bento Bembe manifestou o seu sentimento de gratidão, sublinhando que as Instituições de Ensino Superior devem preservar e desenvolver suas funções fundamentais, submetendo todas as suas actividades as exigências da ética, do rigor científico e intelectual, devendo reforçar suas funções críticas e de previsão por meio de análises constantes das novas tendências sociais, económicas, culturais e políticas, desempenhando desta maneira, as funções de centro de previsão, alerta e prevenção.

Já o Ministro Conselheiro da Embaixada da Noruega em Angola, Doutor Harvad Haknes felicitou os presentes pelo dia e informou que o Governo da Noruega tem apostado em projectos de Direitos Humanos em Angola porque acredita que os mesmos podem actuar como instrumentos de fortalecimento do Estado de direito e democrático do país.

O evento foi igualmente, marcado por vários momentos culturais animados pelo Coro da UCAN que além do Hino Nacional, entoou o Hino de África e Caminho do Mato. O artista “Nell Jazz” também teve vez e com a sua voz cantou a música intitulada “Onjala”, de sua autoria. O Atilier de Teatro da UCAN apresentou a peça Samayonga-Uma Cultura para mulheres e homens novos.

A tarde serviu ainda para o lançamento do livro intitulado Sistemas Internacionais e Nacionais de Direitos Humanos, do Dr. José Manzumba da Silva e Njal Hostmaelingen. Na ocasião o Secretário de Estado para os Direitos Humanos, General Bento Bembe fez uma entrega simbólica de vários livros à UCAN, na pessoa da Vice-Reitora para Área Académica da UCAN, Doutora Maria Helena Miguel.

A cerimónia de celebração do dia do continente berço juntou além de diplomatas, representantes de Instituições Governamentais e Não-Governamentais, Decanos e Directores das Unidades Orgânicas, Funcionários Administrativos bem como, Docentes e Estudantes.