LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES APRESENTA ESTUDOS SOBRE CIDADANIA EM ÁFRICA

O Laboratório de Ciências Sociais e Humanidades (LSCH) da Universidade Católica de Angola apresentou no dia 05 de Maio, artigos do Journal Citizenship Studies sobre “Cidadania em África”. A actividade que decorreu no Salão Nobre da UCAN, teve por objectivo dar a conhecer à comunidade académica e ao público em geral, não só,  o número especial do referido jornal, como também,  o  conjunto de estudos de vários autores sobre temas ligados à cidadania no continente africano.


​O evento contou a com a abertura do Magnifico Reitor, Padre Doutor José Vicente Cacuchi, que durante a sua intervenção sublinhou ser necessário e urgente impulsionar a linha de investigação em ciências sociais e humanas devido aos desafios impostos actualmente pelas ciências tecnicistas. “Para além de apontar o lugar privilegiado das humanidades nas Universidades Católicas, indica o papel transversal e auxiliar que devem desempenhar na sua relação com os chamados saberes uteis “sem cairmos no utilitarismo”, nomeadamente os saberes científicos, tecnológicos e económico, torna-se por isso necessário e urgente dinamizar esta linha de investigação em ciências sociais e humanitárias na nossa universidade”,  Referiu.

No seu discurso,  o responsável convidou os presentes a reflectirem sobre binómio “significado e sentido”, analisando profundamente que significado que tem a cidadania e que sentido tem-se dado a mesma, “Na verdade são inúmeras as questões de natureza social, política, científica, tecnológica e religiosa que nos desafiam no quotidiano das nossas actividades, enquanto universidade católica impendendo-nos a indagar o seu justo significado e a propor a comunidade académica uma orientação capaz de conferir mais sentido, mais sentido à própria vida humana, estamos a remar para aonde e a universidade como se revê nesta situação?”, questionou.


Além dos Doutores que se apresentaram em videoconferência,  nomeadamente, José Maurício Domingues que falou sobre “From citizenship to social liberalism or beyond? Some theoretical and historical landmarks”,  Elísio Macamo sobre “Power, conflict and citizenship: Mozambique’s contemporary struggles” e Claudia Gastrow que falou sobre “Cement Citizens Housing and Belonging in Luanda, Angola”, as Doutoras Cesaltina Abreu e Catarina Gomes, apresentaram em dueto, o resumo dos textos expostos no Journal Citizenship intitulado “A medida que o tempo passa ou quanto falta para chegarmos a Banjur”. Após as apresentações, seguiu-se o debate,  onde os presentes tiveram a oportunidade de interagir com os conferencistas internacionais, em tempo real.

Siga-nos

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos dando um click.

Quem está em linha?

Temos 129 visitantes e sem membros em linha