FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS REALIZA PRIMEIRO SIMPÓSIO NACIONAL DE PSICOLOGIA

A Faculdade de Ciências Humanas (FCH) realizou nos dias 18 e 19 de Outubro, o Primeiro Simpósio Nacional de Psicologia. O evento decorreu no auditório do Instituto Superior Dom Bosco, junto ao hospital Sanatório de Luanda.

A sessão de abertura foi presidida pelo Vice-Reitor para a Investigação e Extensão Universitária, Padre Doutor Jerónimo Cahinga, seguido de um momento cultural, animado pela jovem cantora Silvia Nanguli, que interpretou uma canção de Zahara e um tema próprio. A seguir foi proferida a conferência inaugural, pela Professora Doutora Helena Veloso, também coordenadora da Comissão Organizadora, que falou sobre: “Saúde mental em Angola: contribuições”.

No primeiro dia, teve lugar a mesa redonda sobre “O Sofrimento psíquico na sociedade angolana”, que teve como moderador o Dr. Adilson Afonso, e como oradores os Drs. Nuno Pimpão, que falou sobre “Suídico como consequência do sofrimento psicológico”; Herman Miji, que abordou “Causas do suicídio no Moxico”; Bênção Cavila, que falou sobre “Causas socioculturais do fenómeno crianças acusadas de feitiçaria”; Encarnação Pimenta, que falou do “Impacto psicológico e marcas duradouras da fuga à paternidade” e João Saveia, que falaria no dia seguinte, mas por indisponibilidade de agenda, antecipou apresentando o tema “O assédio sexual nas organizações” . O primeiro dia encerrou com a única apresentação do primeiro painel, pelo Dr. António Jorge Capemba, que falou sobre “Geração de cabeça baixa”

No segundo dia, os trabalhos iniciaram com o segundo painel, cujo lema foi “A crise económica como factor desiquilibrador da sociedade angolana”, e decorreu sob a moderação de Felisberto Culamena. O Dr. Silvestre da Silva, apresentou o tema: “Prostituição como factor de sobrevivência em Malanje: uma abordagem sobre a desestruturação da identidade e da personalidade”; o Dr. Nuno Tiago falou sobre “O aumento da criminalidade juvenil como consequência da crise económica”; a Dra. Catarina Nunda abordou o tema: “O êxodo de mulheres do planalto central (Huambo, Bié e Benguela) para Luanda e mercado informal” e a Dra. Maria Adelina Alberto, que falou sobre “Desigualdade de género e emancipação da mulher: o caso do Uige”.

Siga-nos

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos dando um click.

Quem está em linha?

Temos 246 visitantes e sem membros em linha