ESTUDANTE JACOB SANGONJO É O VENCEDOR DO TRIBUNAL SIMULADO INTERNO

O estudante Jacob Sanganjo é o primeiro classificado do Tribunal Simulado Interno da Universidade Católica de Angola, seguido dos estudantes Imisi de Almeida, Mirian Kamuamba, Miguel Próspero, Gonçalves Neto e Emerson Congo que conquistaram do segundo ao sexto lugares, respectivamente.

O anúncio dos vencedores aconteceu no dia 25 de Maio, dia de África, na cerimónia de celebração da festa do continente  e encerramento da Semana Cultural e Jurídica promovida pela Universidade Católica,  através do seu Centro Fé e Cultura em parceria com o Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos.

O júri  da última sessão esteve composto por três Juízes ( simulados) nomeadamente, Dr. Moreira Lopes, Vice-Decano da Faculdade de Direito, Dr. Edilvado Calitamba, Docente da referida Faculdade e Dr. João Francisco, representante do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos. Por outro lado, estavam os autores e os réus que discutiam a violação de vários direitos no Estado de Kikobelas.  

Os concorrentes foram avaliados em critérios como o conhecimento dos factos, a criatividade, apresentação da jurisprudência, argumentação, articulação e manuseamento dos instrumentos internacionais e a persuasão.

Na ocasião o coordenador da  Comissão Organizadora do Tribunal Simulado da UCAN (C.O.T.S.UCAN), Daniel Chitongua falou da necessidade de se premiar devidamente os candidatos por forma a estimular a participação de mais estudantes.

No acto de encerramento,  a Decana da Faculdade de Direito, Dra. Márcia Nigiolela teceu algumas considerações e em seguida a Vice-Reitora para Área Académica, Doutora Maria Helena Miguel proferiu o discurso.

De recordar que os concorrentes passaram por seis sessões eliminatórias e nas mesmas a audiência contou com a presença das Doutoras, Ana Celeste Januário, Directora Nacional para os Direitos Humanos e Analeth Sandrine, Docente da Faculdade de Direito da UCAN, como Juízas da corte.