Curso de Petróleos vai buscar parceiros em Portugal, Turquia e Itália

O Coordenador do curso de petróleo, Engenheiro Tommaso de Pippo foi o convidado do Conselho de Reitoria, na reunião ordinária, de hoje, quinta-feira.

No encontro, ao responsável foi solicitada informação sobre a situação dos protocolos a celebrar, no curso de petróleos. Sobre o assunto, o engenheiro Tommaso informou que os contactos estão avançados para a celebração de protocolos com o Instituto Superior Técnico de Lisboa (Portugal), Universidade de Ankara (Turquia), e Universidade de Bolonha (Itália).

Os referidos protocolos permitirão o intercâmbio de professores, estudantes, e troca de experiencias nas áreas do ensino e da investigação. Segundo informações prestadas ao Conselho, o passo seguinte será a calendarização da assinatura dos protocolos.

A Reitoria deseja que os protocolos sejam assinados em Luanda, por essa razão está a analisar as possibilidades de convidar os seus homólogos para o acto.

O engenheiro de Pippo aproveitou, ainda,  informar sobre a realização, pela UCAN,  através da Faculdade de Engenharia, de um Congresso Internacional sobre Tecnologia Avançada de Petróleo Prospecção e Produção, em parceria com a Chevron e a Associação Internacional dos Engenheiros, em Março do próximo ano.

O Conselho de Reitoria analisou ainda a questão dos professores assistentes, tendo considerado que, existem situações que devem ser melhor acauteladas, pelo que vai submeter o tema aos decanos e Directores.

O Conselho de Reitoria decidiu igualmente atribuir bolsas para doutoramento a alguns professores, cujos nomes serão divulgados nos próximos dias.

Os membros do Conselho pronunciaram-se sobre o futuro Director do Instituto Superior Salesiano de Dom Bosco. E reviram o artigo n.º 10 do Regulamento da Universidade sobre o Conselho Científico da Universidade, especialmente a matéria das competências do órgão.

Siga-nos

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos dando um click.

Quem está em linha?

Temos 27 visitantes e sem membros em linha